SSD, ele pode salvar o seu computador.

INSTAGRAM

Você está em dúvida se as configurações do seu desktop ou laptop são suficientes para trabalhar com produção musical? Neste post iremos revelar algumas soluções que podem salvar o seu computador.​

Sempre que recebemos um novo aluno ou interessado nos cursos de produção musical, uma das perguntas frequentes é sobre a configuração mínima necessária do computador para trabalhar com o software de produção.

Muitas vezes conseguimos analisar e identificar que com alguns upgrades de peças simples não será necessário o investimento em um novo computador. 

Geralmente este upgrade é realizado principalmente no HD interno do computador e em segundo lugar na quantidade de memória ram.

Outro peça não menos importante é o processador. Se o seu computador já possui algum modelo da intel das gerações i5 ou i7 provavelmente ele irá aguentar o tranco.

Vale lembrar que sempre indicamos este upgrade para que o aluno possa dar início aos seus estudos e primeiros trabalhos. Quando este trabalho se tornar mais complexo no futuro pode ser o momento de investir em um computador mais moderno, com um processador mais rápido por exemplo.

O que vemos aqui na prática é que após o upgrade de HD e memória os alunos conseguem trabalhar e estudar por um bom período de tempo. Isso possibilita também que esse investimento na compra de um outro computador seja direcionado para outros equipamentos importantes do estúdio como uma placa de som, um teclado MIDI e monitores de referência.

 

 Agora vamos entender um pouco mais sobre os antigos HDDs e os novos SSDs.

 

HDD

 

O Hard Disk Drive é, ainda hoje, a principal forma de armazenar dados em um computador. Mesmo com a existência do SSD, o atual substituto do HD, eles reinam na maioria dos PCs de mesa e notebooks.

No HDD fica armazenado o sistema operacional, ou seja, o seu WindowsLinux e até mesmo o Mac OS. Além do sistema, todos os programas também são salvos no HDD. Além disso, é bem provável que você salve todas as suas fotos, músicas, vídeos e documentos no HDD de sua máquina.

O disco rígido usa um prato magnético para armazenar os dados. Esses pratos são divididos em vários setores e trilhas que guardam os inúmeros bytes que compõem nossos arquivos. Um braço mecânico percorre toda a área do disco magnético lendo os arquivos que são solicitados pelo usuário ou sistema operacional. Como deu pra perceber, um HDD é um item fundamental em qualquer computador.

Vantagens e desvantagens

A principal vantagem do HDD é, certamente, o seu preço. Discos rígidos de 1, 2 ou até 4 TB são bastante acessíveis se comparados com os SSDs, cujo custo por MB é bem mais alto. Assim, o custo x benefício dos HDs é imbatível, visto que podemos ter bastante espaço com pouco dinheiro.

Já a desvantagem é a sua lentidão. Por usar processos mecânicos e não eletrônicos, os HDDs não conseguem ler e nem gravar dados tão rapidamente quanto os SSDs. É justamente neste ponto que os HDDs deixam a sua máquina lenta, tanto na inicialização do sistemas e programas como na fluência geral do sistema.

Além disso, à medida que usamos um HD, os arquivos guardados se desfragmentam, deixando o acesso a eles ainda mais lento. De tempos em tempos, é necessário desfragmentar o HD, o que toma tempo e processamento do computador. Um SSD não exige nada disso.

SSD

O SSD (solid-state drive) é uma nova tecnologia de armazenamento considerada a evolução do disco rígido (HDD). Ele não possui partes móveis e é construído em torno de um circuito integrado semicondutor, o qual é responsável pelo armazenamento, diferentemente dos sistemas magnéticos (como os HDDs).

Mas o que isso representa na prática? Muita evolução em relação aos discos rígidos. Por exemplo, a eliminação das partes mecânicas reduz as vibrações e tornam os SSDs completamente silenciosos.

Outra vantagem é o tempo de acesso reduzido à memória flash presente nos SSDs em relação aos meios magnéticos e ópticos. O SSD também é mais resistente que os HDs comuns devido à ausência de partes mecânicas – um fator muito importante quando se trata de computadores portáteis.

O SSD ainda tem o peso menor em relação aos discos rígidos, mesmo os mais portáteis;  possui um consumo reduzido de energia; consegue trabalhar em ambientes mais quentes do que os HDs (cerca de 70°C); e, por fim, realiza leituras e gravações de forma mais rápida, com dispositivos apresentando 250 MB/s na gravação e 700 MB/s na leitura.

Mas nem tudo são flores para o SSD. Os pequenos velozes ainda custam caro, com valores superiores que o dos HDs. A capacidade de armazenamento também é uma desvantagem, pois é menor em relação aos discos rígidos. De qualquer forma, eles são vistos como a tecnologia do futuro, pois esses dois fatores negativos podem ser suprimidos com o tempo.

Atualmente indicamos a compra de um SSD de 240GB (custa por volta de R$ 350,00), que é mais do que o suficiente para instalar todos os aplicativos e o sistema operacional.

 

Para o armazenamento dos arquivos como samples, projetos, fotos, músicas e videos   indicamos usar um HDD externo. Geralmente quando  trocamos o HD interno do desktop ou laptop por um SSD este retirado vira o externo. Para isso basta adquirir uma case de HD externa para instalar o HDD dentro e conectar-lo ao computador via cabo USB. 

No momento da compra do case externo verifique o tamanho do seu HDD. Os HDs dos desktop são do tamanho padrão 3.5 e para laptops 2.5.

Abaixo podemos ver em um vídeo demostrando a diferença de velocidade na inicialização de um sistema operacional entre HDD e SSD.  

Memória Ram

 

Sobre a memória ram a idéia é bem mais simples. A quantidade mínima para produção musical seria 4GB, mas, quanto mais melhor. Computadores com 16, 32, 64 e até 128GB de memória ram já são uma realidade. 

Então, se o seu computador possui por exemplo 4GB de ram e ele suporte 8GB ou 16GB tente aumentar. 

 

É importante sempre verificar a quantidade de memória máxima que o seu computador suporta antes de fazer o investimento. Nos manuais ou no site do fabricante é possível encontrar essa informação. Outro detalhe é adquirir exatamente o mesmo tipo de memória, nas mesmas especificações.

Conclusão

Aqui no instituto temos diversos alunos que optaram em dar este upgrade de HD e memória ram e todos aprovaram o resultado. Softwares como Ableton Live e Logic Pro X se saíram muito bem em computadores um pouco mais antigos com upgrade de memória e hd.

Esperamos poder ajudar-los com essas dicas e caso tenham dúvidas relacionadas a este assunto nos envie uma mensagem aqui.

Equipe IME.

 

Redes Socias

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Ícone do App Instagram

 Rua: Alceu Wamosy, 26, Vila Mariana - CEP: 04105-040 - 

Segunda-Sexta 10:00am-10:00pm, Sábados 09:00am-8:00pm