MIX & MASTER -  Comprimindo grupo de bateria.

NÍVEL: MÉDIO

Neste primeiro tutorial direcionado a mixagem e masterização veremos como usar um compressor em grupos de canais. Essa técnica permite deixar todos os elementos do grupo mais juntos e soando de forma mais uniforme.

Usaremos um compressor nativo do próprio software mas você também pode usar plugins externos de sua preferência. O software utilizado neste tutorial será o Ableton Live.

Antes de começar o passo-a-passo vamos conhecer um pouco mais sobre o que um compressor faz, os tipos de compressores e quais são os seu controles básicos.

 

 

O compressor

O compressor é usado em maior parte para reduzir as variações de volume de um som, a essas variações também é dado o nome de dinâmica. Em uma gravação como de vocais ou instrumentos como guitarras e baixo teremos partes onde o som gravado estará mais alto e em outras partes mais baixo.

 

O ideal para que se escute melhor essas gravações durante a música é reduzir a dinâmica, deixando tudo mais homogêneo e perceptível. É ai que entra o uso de um compressor.

Na imagem acima podemos ver o antes e depois de um som comprimido. Percebemos que as variações entre as partes mais altas e baixas ficam mais iguais após a compressão.

Os controles do compressor

 

A maior parte dos compressores possuem os mesmo tipos de controles, os mais comuns são:

Attack: Controla a velocidade que o compressor inicia a compressão após a entrada do sinal.

 

Release: É o inverso do attack, controla a velocidade que o compresso deixara de comprimir o sinal após o início da compressão.

 

Threshold: Define o ponto onde o compressor começará a atuar. Vamos supor que colocamos o threshold em – 35 db, quando o áudio chegar nesse nível irá iniciar a compressão, se o áudio não chegar a – 35db o compressor ficará sem utilidade.

 

Ratio: Ajusta o fator de compressão com valores geralmente apresentados como 2:1 / 4:1 / 10:1 etc.. Quanto mais alto o valor de ratio mais forte será a compressão e quanto mais baixo mais suave será a compressão

Makeup: Este é o volume de saída do compressor e com ele podemos acrescentar a quantidade de volume que o compressor retirou na compressão. Sempre que comprimimos um sinal teremos uma redução de ganho, geralmente mostrada por um campo chamado "Gain Reduction (GR)". Então se durante a compressão o compressor retirou 3db do sinal podemos ajustar o controle makeup em 3db.

Tipos de compressores

 

Temos diferentes tipos de compressores para diferentes tipos de trabalho. Os mais comuns são os compressores usados para tratar a dinâmica dos instrumentos como vimos anteriormente. Na imagem abaixo temos o compressor nativo do Ableton Live "Compressor".

Existe também compressores que podem comprimir apenas certa região de frequência (Multiband Compressor). Na imagem abaixo temos o "Multiband Dynamics" que é o compressor multibanda nativo do Ableton Live.

Por último temos o tipo que veremos neste passo-a-passo que atua sobre vários canais ao mesmo tempo, ou seja, um compressor que usamos para comprimir um grupo de canais (Bus Compressor). Abaixo vemos o "Bus Compressor" nativo do Ableton Live.

Iniciando a compressão do grupo de bateria

 

Agora vamos começar a compressão do grupo de bateria. Inicialmente precisamos ter todos os canais das peças de bateria como bumbo, caixa, hi-hats e cymbal agrupados. 

Na imagem acima vemos os canais de bateria ainda separados. Para criar o grupo com estes canais basta selecionar todos e clicando com o botão direito do mouse escolher a opção "group tracks".

Após o comando de agrupar, todos os canais irão para dentro do canal de grupo, veja na imagem abaixo.

Agora podemos ir até o navegador do Ableton Live, na sessão "audio effects", e escolher o "glue compressor". Arraste o mesmo até o canal do grupo da bateria.

Podemos então começar a ajustar os controles do glue compressor. Siga os seguintes parâmetros para cada controle:

Attack = 30

Release = -1

Ratio = 2

O attack mais lendo em 30 irá permitir que os ataques rápidos das peças da bateria não sejam comprimidos, o que deixaria a bateria mais fraca. O release rápido em -1 fará com que o compressor não fique muito tempo comprimindo o sinal após o início da compressão. Por fim o ratio em 2 irá causar uma compressão mais leve.

A idéia da compressão do grupo da bateria é somente deixar-la mais junta então não precisamos de uma compressão muito agressiva.

Com estes 3 controles ajustados agora precisamos ajustar o "Threshold" para que a compressão comece a atuar. Para saber o ponto certo do threshold vamos nos basear na informação do medidor VU. Vemos que o medidor que fica no centro do glue compressor possui 5 marcações que são 0, 5, 10, 15 e 20. Essas marcações representam a quantidade de sinal que está sendo reduzido na compressão, ou seja, ele mostra o Gain Reduction.

 

Para essa compressão do grupo de bateria não precisamos tirar muito, então devemos deixar o marcador entre 0 e 5.

O marcador do VU somente irá se movimentar quando o controle de threshold for ajustado. Sendo assim vá ajustando e vendo onde o marcador do VU está.

Quando o este ajuste estiver pronto perceba com bastante atenção como a bateria irá soar. Escutando com atenção é possível perceber que os elementos agora estão soando mais unidos. Use o botão que liga e desliga o glue compressor para perceber melhor essa diferença.

Provavelmente você também irá sentir um queda de volume que ocorreu devido a redução de ganho que a compressão causa. Para ajustar isso use o controle "Makeup" do glue compressor e procure deixar o volume no mesmo ponto que se encontrava antes da compressão ser realizada.

Uma maneira bem simples de medir o volume de antes e depois é utilizando o próprio medido "peak level" do canal.

Primeiro faça a medição sem o glue compressor e depois faça novamente a medição com o glue compressor. Em seguida ajuste o makeup até que o valor de peak level alcance a mesma quantidade de sinal medida sem o glue compressor atuando no canal.

Esperamos que este tutorial ajude a melhorar as suas mixagens e fica atento que logo logo vem mais!

Equipe IME.

PRODUÇÃO MUSICAL
ABLETON LIVE 9 - LEVEL 1

 

Curso indicado para iniciantes, dj's e produtores que buscam um conhecimento completo e prático sobre gravar, editar e tocar músicas com Ableton Live. Ao término deste módulo o aluno estará apto a montar seu próprio home-estúdio e produzir sua idéias musicais utilizando os recursos e ferramentas que o Ableton Live oferece.

 

Clique aqui para maiores detalhes sobre o curso de produção com ênfase no software Ableton Live 9 e informações sobre datas, valores e formas de pagamento.

 

Redes Socias

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Ícone do App Instagram

 Rua: Alceu Wamosy, 26, Vila Mariana - CEP: 04105-040 - 

Segunda-Sexta 10:00am-10:00pm, Sábados 09:00am-8:00pm